HIDROLIPO, VIBROLIPO, LIPOESCULTURA… QUAL A DIFERENÇA?

Pós-operatório de Rinoplastia
21.02.2019
Quanto custa uma cirurgia plástica?
07.03.2019

Hoje em dia existem vários nomes diferentes de técnicas de Lipoaspiração, o que causa muita confusão entre as pessoas.
Quer entender o que cada um significa? Então continue lendo!

A Lipoaspiração é realizada há muitos anos em vários países do mundo, porém com o tempo, foram surgindo novas técnicas que permitem uma maior segurança e melhores resultados aos pacientes.
No entanto, as várias nomenclaturas que têm surgido ultimamente nas mídias acabam confundindo muitas pessoas, e às vezes podem levá-las a tomar uma decisão errada.
Então vamos entendê-las melhor?
Em primeiro lugar, a Lipoaspiração é o nome que damos à técnica de retirada da gordura de diversas partes do corpo através de pequenos furos na pele, usando cânulas que vão “sugar” a gordura.
A partir daí, surgem vários nomes diferentes para esse mesmo tipo de cirurgia…

Hidrolipoaspiração:
É a técnica em que primeiramente injetamos uma solução de soro fisiológico com anestésicos e medicamentos que ajudam a controlar a dor e o sangramento durante e após a cirurgia.
De uma forma geral, é a técnica mais utilizada pela maioria dos cirurgiões plásticos, seja em grandes hospitais ou em clínicas.
Ela pode ser feita em pequenas partes ou em todo o corpo, respeitando os limites de cada paciente conforme o peso e a superfície corporal.

Vibrolipoaspiração:
Nesta técnica também é feita a retirada de gordura através de pequenos furos, porém são utilizadas cânulas que são conectadas a um aparelho que provoca uma vibração na ponta da cânula.
A grande vantagem desta técnica é a maior facilidade na retirada da gordura, porém existe uma controvérsia se ela oferece melhores resultados em relação à técnica tradicional. Não existe comprovação prática e nem teórica de que a vibrolipoaspiração possa trazer melhores resultados quanto à elasticidade e flacidez de pele. No entanto, os melhores resultados sempre irão depender da experiência do cirurgião plástico independente da técnica utilizada.

Lipoescultura:
É a retirada da gordura através da lipoaspiração, tratamento e transferência da mesma para alguma parte do corpo que necessite de volume e contorno. Também chamamos a gordura transferida de enxerto.
Os locais mais comuns de realizarmos o enxerto de gordura são bumbuns e rosto, porém podemos utilizar também para preencher falhas causadas por cicatrizes, celulites, etc.

LipoLaser:
Hoje em dia podemos associar a tecnologia do laser à lipoaspiração. A vantagem seria reduzir a flacidez após a lipoaspiração, porém é necessário que seja realizada por profissional experiente para obter melhores resultados.

Enfim, estas são apenas algumas das várias técnicas de Lipoaspiração que existem.
Sempre muito importante lembrar de realizar o procedimento com profissional experiente, em local apropriado, de preferência em hospitais com toda a estrutura e equipamentos necessários para uma maior segurança.
Afinal, qualquer procedimento por menor que seja, é invasivo e passível de riscos.

Converse com o cirurgião plástico e tire todas as suas dúvidas, verifique se ele é membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica e se possui RQE (especialidade reconhecida pelo CFM).

Agende agora uma consulta!

Tel: (11) 2373-2535
Whatsapp: (11) 97379-2219

Endereço:
Rua Cel Irineu de Castro, 43 / CJ 706
Jardim Anália Franco, São Paulo – SP

Whatsapp Chat