Os bioestimuladores no combate ao envelhecimento da pele

Abdominoplastia
12.09.2019
Assimetria mamária
26.09.2019

Envelhecer é algo natural, mas o que mais assusta as pessoas não é o envelhecimento em si, mas as marcas que ele traz consigo. Por isso muitos buscam meios de retardar o aparecimento das evidências desse processo na pele.
Existem diversas formas de inibir, tratar e prevenir o envelhecimento acelerado da pele, mas hoje queremos lhe apresentar um em específico: os bioestimuladores. Continue fazendo a leitura e entenda o que são eles, para que servem e quais os seus benefícios.

 

Como acontece o envelhecimento da pele?

Um dos fatores que mais colaboram para que a pele envelheça é a perda de colágeno. Ele é produzido naturalmente pelas células e representa mais da metade da proteína do tecido.
A partir dos 30 anos, a fabricação dessa substância começa a diminuir e os sinais estéticos disso logo aparecem. Os mais visíveis são:

  • Falta de elasticidade na pele;
  • Pele seca e flácida;
  • Perda de cabelo;
  • Fadiga.

Além da diminuição da produção, alguns hábitos ou problemas acabam inibindo a produção natural de colágeno do corpo, sendo os mais comuns:

  • Tabagismo;
  • Exposição excessiva ao sol;
  • Falta de hidratação;
  • Estresse;
  • Insônia;
  • Má alimentação.

Ou seja, a maioria das pessoas estão propensas a ter uma carência de colágeno. A boa notícia é que é possível repor essa proteína e ter uma pele jovem novamente.
Se você sente que falta firmeza à sua pele ou que precisa melhorar seu aspecto, saiba que os bioestimuladores de colágeno são uma ótima opção. Conheça-os melhor a partir de agora.

 

O que são bioestimuladores?

São ativos responsáveis por estimular a produção das fibras de colágeno, devolvendo a firmeza da pele. O procedimento é minimamente invasivo, pois a substância é injetada no local desejado.
Existem diferentes tipos de bioestimuladores de colágeno e os mais utilizados são o Sculptra, composto à base de ácido Poli-L-Láctico, o Radiesse, substância à base de Hidroxiapatita de cálcio, e o Ellansé composto de Policaprolactona e Carboximetilcelulose.
Além da face e do pescoço, eles podem ser utilizados em outras áreas do corpo, como glúteos, abdômen e pernas. A utilização corporal apresenta excelentes resultados no tratamento de flacidez, celulite, e até em alguns casos de estrias!
A aplicação é realizada em consultório, com retorno imediato à sua rotina e sem período de repouso!

 

Quais são os benefícios?

Quando a pele volta a produzir colágeno, temos:

  • Restauração do contorno facial;
  • Suavização de sulcos, marcas de expressão e rugas;
  • Firmeza da pele;
  • Textura agradável;
  • Brilho na medida certa;
  • Hidratação;
  • Recuperação da elasticidade da pele;
  • Aparência saudável e jovem.

 

A ação dos bioestimuladores acontece gradualmente, e só três meses após a primeira aplicação é que se percebem os benefícios com mais evidência. O estímulo pode durar até dois anos.
Apesar de ser um procedimento pouco invasivo e de não oferecer grandes riscos, ele deve ser feito por um profissional especializado, como um dermatologista ou cirurgião plástico, por exemplo.

Se você estiver interessada em conhecer mais sobre os bioestimuladores como agentes de combate aos sinais do envelhecimento, entre em contato conosco e marque hoje mesmo a sua consulta!

Whatsapp Chat