A redução de mama pode afetar a amamentação?

Conheça mais sobre cirurgia íntima
08.04.2019
Qual é o tempo ideal para trocar as próteses?
09.05.2019

Muitas mulheres deixam de realizar a redução de mama (mamoplastia redutora) porque acreditam que a cirurgia irá prejudicar a amamentação. Essa dúvida é muito pertinente, já que o leite materno é fundamental para o desenvolvimento dos bebês.
Será mesmo que a cirurgia redutora de mama afeta a amamentação? O que acontece com as mamas durante e após o procedimento cirúrgico? Continue lendo para ter essas respostas e finalmente ficar informada sobre o assunto. Confira!

O que é a mamoplastia redutora e como ela funciona?

A mamoplastia redutora é uma cirurgia plástica realizada para retirar o excesso de gordura, de pele e de tecido das glândulas dos seios para que os seus tamanhos sejam proporcionais ao corpo da mulher, o que evita uma série de problemas físicos e até psicológicos.
Diferentemente de algumas cirurgias plásticas que são meramente estéticas, a mamoplastia redutora geralmente é feita em quem tem ou pode vir a ter condições de saúde devido ao peso dos seios, que prejudica a coluna vertebral, a respiração e causa problemas de autoestima.

Então, como a redução de mama afeta a amamentação?

Agora que você sabe como funciona a mamoplastia redutora, fica a pergunta mais importante: como ela afeta a produção de leite? A verdade é que não existe uma resposta universal para essa questão, pois tudo depende das técnicas utilizadas e do próprio corpo da mulher.
Hoje em dia, com o desenvolvimento das técnicas cirúrgicas, é provável que seja preservada uma quantidade suficiente de tecido glandular para que a produção de leite continue.
Em alguns casos, pode ser que os dutos tenham sido cortados durante a operação. No entanto, com o passar dos anos, muitos deles voltam a se desenvolver. Caso a mulher fique grávida, esses dutos tendem a crescer de forma ainda mais rápida, por influência dos hormônios.

Isso quer dizer que a maior parte das mulheres que realizou a redução de mama ainda consegue produzir leite materno.
No entanto, muitos especialistas acreditam que fatores psicológicos acabam afetando mais a produção do leite do que os fatores físicos.

O que acontece caso a mulher não produza mais leite?
Se após a cirurgia a mulher realmente não conseguir mais produzir leite o suficiente para amamentação, é possível que ela tente algumas técnicas e estímulos bem usados hoje em dia para impulsionar a liberação e produção do leite.
Hoje em dia existem vários profissionais que podem auxiliar neste momento tão importante na vida da mulher e do bebê, portanto não deixe de consultar as opções existentes para obter êxito na amamentação.
Ainda tem dúvidas? Quer saber mais sobre a mamoplastia redutora e a amamentação? Converse com seu médico!

 

Agende agora a sua consulta!
Tel: (11) 2373-2535
Whatsapp: (11) 97379-2219

 

Endereços:

Rua Cel Irineu de Castro, 43 / CJ 706
Jardim Anália Franco, São Paulo – SP

Av Paulista, 91/ cj 607
Bela Vista, São Paulo – SP

Whatsapp Chat