Tudo o que você precisa saber sobre mamoplastia redutora!

Qual é o momento ideal para fazer uma cirurgia plástica?
01.08.2019
O que é Mastopexia?
15.08.2019

A mamoplastia redutora é uma cirurgia para reduzir o tamanho dos seios. Com a remoção do excesso de glândula e gordura, a mama geralmente atinge um tamanho proporcional ao corpo, aliviando assim os sérios desconfortos que esse problema causa nas mulheres.
Este procedimento é indicado a partir dos 18 anos, porém, existem casos de mulheres mais jovens que já apresentam as mamas totalmente desenvolvidas e podem ser submetidas a cirurgia.
 

Como é realizada?

Na consulta com o cirurgião plástico, ele vai indicar alguns exames para serem realizados e então verificar se você poderá realizar o procedimento cirúrgico ou não. Geralmente uma mamografia e uma ultrassonografia mamária além de exames laboratoriais e cardiológicos são requisitados.
Se tudo estiver em ordem, você poderá realizar o procedimento. Na mamoplastia redutora, costuma-se retirar tecido mamário, gorduroso e da pele de certas áreas dos seios, seguida de um remodelamento na forma natural da mama.
Em relação ao formato da cicatriz e da sua extensão, isso varia em cada caso. Porém, quanto maiores os seios, maior será a cicatriz.


Se você se enquadra em uma ou em várias das situações abaixo, a mamoplastia redutora pode ser uma boa alternativa:

  • Os seios limitam a sua prática de atividade física;
  • Há dores nas costas, ombros e até pescoço devido ao peso das mamas;
  • Há uma depressão na região dos ombros, especificamente onde fica a alça do sutiã, por conta do peso da mama;
  • Há irritação na pele abaixo do sulco (“dobra”) da mama;
  • A sensação de que os seios estão muito grandes te incomoda;
  • As mamas são pendentes e flácidas.
     

Quanto tempo dura a cirurgia?

A intervenção cirúrgica dura em torno de três horas. Tudo vai depender da complexidade de cada situação.
 

Qual é a anestesia utilizada?

A anestesia indicada é a geral ou peridural.
 

Que cuidados precisam ser tomados antes da cirurgia?

É preciso fazer um jejum de 8 horas e parar de fumar. O tabagismo não combina com o procedimento cirúrgico porque o cigarro aumenta bastante o risco de trombose venosa dos membros inferiores, além de problemas de cicatrização.
O indicado é que a paciente pare de fumar em torno de 30 dias antes da cirurgia e 30 dias após.
 

Que cuidados precisam ser tomados depois da cirurgia?

Veja alguns dos principais:

  • A alimentação, nos primeiros sete dias, merece mais atenção devido ao uso de antibióticos e anti-inflamatórios que costumam deixar o estômago sensível;
  • É necessário o uso de um sutiã cirúrgico e ele só deve ser retirado para tomar banho. O cirurgião plástico vai indicar o período em que ele deverá ser utilizado;
  • O retorno oficial às atividades físicas deverá ser feito pelo menos um mês após a cirurgia. Alguns tipos de atividades mais vigorosas podem necessitar de um tempo maior de recuperação, e é fundamental que você consulte seu médico;
  • Os curativos precisam ser trocados diariamente e seguir as recomendações do cirurgião plástico. A cicatrização total acontece entre seis meses a um ano.

Para muitas mulheres, a mamoplastia redutora é um procedimento importante para o resgate da autoestima. De qualquer forma, trata-se de um procedimento cirúrgico e, por isso, é fundamental ter confiança no cirurgião plástico que irá realizá-lo.
Converse com o profissional, tire todas as suas dúvidas. Não se esqueça de verificar o hospital onde o procedimento será realizado.
Se você quer realizar uma mamoplastia redutora, nós podemos lhe ajudar. Marque hoje mesmo a sua consulta!
 

Contatos:

Tel: (11) 2373-2535
Whatsapp: (11) 97379-2219


Endereços:

Rua Cel Irineu de Castro, 43 / CJ 706
Jardim Anália Franco, São Paulo – SP

Av Paulista, 91/ cj 607
Bela Vista, São Paulo – SP

Whatsapp Chat